WP-ThGWU6Yg-LZQP372atnaqZcM Grã-Bretanha vai dificultar entrada de imigrantes no país | Imigrantes Brasil

Grã-Bretanha vai dificultar entrada de imigrantes no país

A partir de abril, os imigrantes de fora da União Européia que queiram imigrar para a Grã-Bretanha sem uma oferta de emprego terão de ter um mestrado e não apenas curso universitário, como nas regras atuais e um salário anterior equivalente a 20 mil libras por ano (cerca de R$ 70 mil).

Portanto, se o candidato, por exemplo, tiver um salário anterior inferior a 20 mil libras ele ainda poderia compensar a falta de pontos nesta categoria com mais pontos em categorias como ensino e nível de conhecimento da língua ou vice-versa.

O Ministério do Interior decidiu endurecer as exigências em uma resposta à atual crise econômica e às crescentes queixas de trabalhadores britânicos de que imigrantes estariam tirando os empregos da população local.

Segundo a ministra, o governo tem de garantir que sua política em relação aos trabalhadores estrangeiros responda às circunstâncias atuais e afirmou que imigrantes qualificados não deveriam ocupar cargos que não tenham sido anunciados para trabalhadores britânicos.

A ministra também ordenou que seja investigado o impacto da chegada das famílias de trabalhadores imigrantes à Grã-Bretanha.

O uso de trabalhadores estrangeiros voltou a causar polêmica na Grã-Bretanha depois que uma semana de disputa em uma refinaria francesa no leste da Inglaterra, operada pela Total, fez com que a empresa concordasse em empregar mais moradores locais.

1 comentários:

Luiz Antonio André disse...

Olá Donizete,
acho que já era esperado isto e outros países devem fazer o mesmo para preservar os empregos.
Abraços