WP-ThGWU6Yg-LZQP372atnaqZcM Mulher é demitida depois de doar rim para sua chefe | Imigrantes Brasil

Mulher é demitida depois de doar rim para sua chefe

Quarenta e sete anos de idade Deborah Stevens é uma doce mãe de dois filhos que achava que  estava fazendo algo humano e acima da bondade de seu coração que, por sua vez, porém  parece que deu um tiro pela culatra..

Deborah Stevens era funcionária do Grupo Atlântico Automotive, quando a mais de um ano antes  ela decidiu se mudar para a Flórida. Ela saiu deixando uma boa imagem em seu emprego   e durante uma viagem de volta para NY, ela visitou sua  ex-patroa  para lhe dizer olá..

Enquanto ela estava visitando sua ex-chefe,  Jacqueline Brucia explicou que ela  estava tendo problemas de saúde e precisava de um novo rim. Brucia pediu a ela se estaria disposta a doar.
 
Após a decisão de voltar para Nova York, Deborah pediu então seu antigo emprego de volta. Brucia imediatamente a contratou de volta, e então lembrou que ela lhe tinha  oferecido um rim.

"Minha chefe precisava de um rim", disse Deborah.

Deborah foi ao hospital  em agosto de 2011 para ter seu rim esquerdo retirado. A recuperação não era nada como ela esperava e ela passou por uma dolorosa recuperação.

Em 06 de setembro, Deborah voltou a trabalhar, mesmo ela ainda sentindo dor. Ou seja, quando ela percebeu na armadilha que tinha caido.

Ela usou seu poder e ela me manipulou", disse Deborah. A chefe que uma vez lhe pediu uma parte de si,  se transformou em um monstro ingrato, encontrando defeito em tudo que Deborah faz.

"Ela me acusa de não fazer o meu trabalho, ela grita comigo todos os dias. Ela me fez sentir culpada pela dor que eu tinha por dentro".

Deborah não agüentava mais e foi para o recursos humanos. Informaram-lhe que tinha ouvido de outros empregados que Brucia  lhe assediado. Eles, por sua vez transferiram Deborah  para outra concessionária a cinqüenta quilômetros de distância.

"Eu me senti como se meu coração fosse arrancado", disse Deborah.

Ela agora  apresentou uma queixa e um  processo na Divisão de Direitos Humanos contra o Atlântico Automotive e Brucia.
Deborah  Stevens disse que não faria tudo novamente.

1 comentários:

Sr Estranho disse...

John Locke da vida real, sifudeu...